Pokémon Go: primeiras impressões


Olá, pessoas! Sei que tinha prometido que o post sobre a última parte da minha viagem e minhas comprinhas sairia ainda nesta semana, mas hoje foi o lançamento de Pokémon Go aqui no Brasil e eu estava ansiosíssima para contar para vocês como foram as minhas primeiras experiências com o jogo e como foi a emoção de finalmente ter me tornado uma pokemonga hahahah. Prometo que o primeiro post da semana que vem será sobre a viagem, ok?

Eu fui uma daquelas pessoas que baixou o apk do jogo por não aguentar tanta ansiedade, mas só consegui criar o personagem, linkar a conta do Google e escolher meu primeiro pokémon, que foi o Charmander, claro. Depois disso, o jogo não mostrava nada, simplesmente não funcionava e eu acabei desinstalando. Então antes de mais nada, se você ainda não baixou o jogo, corre lá na GooglePlay ou na AppStore, faz o download e já instala no seu smarphone. Lembrando que o jogo precisa de acesso à internet e ao GPS, então prepara a bateria antes de sair de casa. O primeiro passo é criar o personagem e depois escolher entre os três primeiros pokémons clássicos: Bulbasaur, Charmander ou Squirtle. Depois é só andar por aí com o celular que o jogo te avisa quando tem algum pokémon por perto!

kcauzices-pokemon-go-primeiras-impressoes-002

Aqui em casa mesmo, já consegui capturar um Eevee e depois mais tarde um Goldeen, mas como só fiquei sabendo do lançamento à noite, pensei que só sairia para começar minha jornada hoje durante o dia, mas nós não aguentamos a ansiedade e fomos ontem mesmo até uma pracinha que tem aqui perto de casa (que tem um ginásio e um pokestop) para ver como jogava. Imaginem a cena: eu, meu namorado, minha irmã e meu irmão, quatro marmanjos andando pela rua com o celular na mão procurando pokémon! Encontramos várias pessoas jogando também, trocamos ideias e dicas e capturamos vários pokémons. Meus maiores orgulhos até agora são o Squirtle e o Abra, que eu acho incríveis <3

kcauzices-pokemon-go-primeiras-impressoes-003

Para quem ainda não sabe nada sobre o jogo, aqui vão algumas dicas de uma iniciante, que consegui perceber nessa minha primeira jornada:

  • Quando encontrar um pokémon, jogue a pokebola com vontade na direção do pokémon. Evite desperdiçar pokebolas!
  • Capturar pokémons repetidos é mais útil do que nós imaginávamos. Além do XP, que é muito útil, os pokémons também dão candy, que é necessário para evoluir os pokémons da mesma espécie, então não fique na bad se encontrar sempre os mesmos pokémons.
  • Os pokestops são muito úteis, então é muita sorte morar pertinho de algum. Normalmente são monumentos, sinalizações ou pontos históricos/turísticos, que dão itens de graça quando a gente clica nele e gira a imagem que aparece na tela. Eles podem dar pokebolas, eggs, potions, etc. Não se esqueça de sempre visitá-los quando possível, pois eles resetam em alguns poucos minutos.
  • Não se esqueça de, quando pegar um egg, colocá-lo para incubar, pois eles são chocados de acordo com o quanto você anda. Alguns precisam de 2km, outros 5km e por aí vai, e quando chocados te dão um pokémon, o que é bem legal.

E vocês, estão jogando pokémon? Vão jogar? O que estão achando dessa nova moda? Qual team vão escolher, Mystic, Valor ou Instinct? Eu escolhi Valor só porque amo o Moltres e pokémons de fogo, pois não consegui me decidir quanto às vantagens de cada um. Eu estou adorando o jogo e com certeza vou sair ainda hoje para capturar mais pokémons, pois quero ficar bem forte para tomar os ginásios da minha vizinhança mwahahahaha! Um grande beijo e até o próximo!

Anna Kcau

28 anos com gostos e manias de 12. Recém formada em Arquitetura e Urbanismo. Apaixonada por bonecas, animes, mangás, videogames. Snapchat: annakcau

6 comentários em “Pokémon Go: primeiras impressões

  1. Eu queria, mas não consegui sentir todo esse hype ainda 🙁 Amo Pokémon desde criança mas sei lá, ainda acho os jogos principais da franquia tão mais legais! Talvez eu goste mais com o tempo, mas por enquanto só me senti num deserto porque Resende não tem nada nem no app kk

    Mas consegui pegar o Charmander (melhor inicial obviamente) e depois veio um Squirtle, Eevee, Paras e um monte de Pidgey e Rattata. Vou ver se encontro mais alguma coisa na faculdade hoje 😛

    1. Poxa, como pode? Eu achei tão incrível ter que sair na rua para capturar os pokémons, encontrei várias pessoas jogando, nunca conversei com tantos desconhecidos na rua como tenho conversado ultimamente kkkk. Em alguns pontos aqui de Hell Preto não tem nada também, mas aqui pertinho de casa tem vários pokéstops e ginásios, isso deixou a gente bem animado. Já consegui pegar até Abra sem sair de casa <3

  2. Oi Anninha! Eu também baixei pelo APK e teve até post no meu blog, peguei o charmander tbm! hahaha mas eu não desinstalei, mantive a fé firme e forte :p
    Muita coisa eu não sabia, tipo os eggs… Não sabia que eles chocavam conforme eu ando, vão chocar bastante porque eu caminho todo dia hahaha
    Sobre os pokémons repetidos: eu tinha ideia mas fui munheca e não quis gastar pokebola com eles. Agora vou investir.
    Valeu pelas dicas!
    nadageek.blogspot.com.br

    1. Eu mantive as esperanças, mas meu celular precisava de espaço para as fotos da viagem e eu sabia que quando fosse lançado seria só entrar no googleplay e instalar novamente kkkk
      Que bom que minhas dicas ajudaram em alguma coisa. Percebi na rua que o pessoal ainda tava meio perdido, eu e meus irmãos ajudamos várias pessoas, tô adorando a experiência de sair na rua e tal, parece que aproxima mais a galera e faz as pessoas interagirem mais que de costume. (nunca andei tanto na rua na minha vida kkkk)
      Não esquece de pegar pokébola nos pokéstops sempre que possível, assim não dá dó gastar nos pokémons repetidos! Beijo! <3

    1. Você tentou desligar a realidade aumentada? Aquela que usa sua câmera pra aparecer o pokémon na sua frente? O da minha irmã é motorola e trava se ela ligar a câmera, no meu Sony eu nem uso também por ficar muito lento, fora que é bem mais fácil pegar o pokémon sem isso 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *